Sobre Direito


Era uma vez um garoto que nasceu com um poder/maldição interessante. Ele não conseguia falar o que queria. Sempre que tentava formular uma frase, acabava falando o contrário do que queria dizer.

Em seus primeiros anos de vida, o garoto não sofreu tanto com essa característica peculiar. Seus pais só achavam que ele era meio mentiroso.

Só que quando ele começou a frequentar a escola, o garoto viveu o inferno na terra. Nos anos do jardim e do ginasio, era zoado por todos seus colegas. No ginasio, tentava pensar três vezes antes de dizer qualquer coisa, de maneira a formular o contrário do que queria dizer para conseguir dizer uma frase do jeito que deveria. Começou a passar por retardado mental, já que sempre demorava para responder quando alguém falava com ele, e nem sempre funcionava do jeito que deveria.

No colégio, mudou de abordagem. Passava por mudo. Era melhor que ser o mentiroso da turma.

Felizmente, o garoto era inteligente. Estudou muito, e passou com louvor na faculdade de direito.

E lá, descobriu que podia ser ele mesmo. Finalmente havia encontrado seu lugar no mundo. Foi o melhor advogado que o mundo já conheceu.

(Originalmente escrito em 28/04/2008 no falecido mhkshinigami. Não tenho nada contra advogados, antes que algum deles pense em me processar.)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: