Travessia: Pontos A para B (Ônibus)


Vamos imaginar a seguinte situação hipotética: Você está no ponto A e precisa chegar no ponto B. Sinceramente, existem milhões de maneiras diferentes pelas quais esse caminho pode ser feito, independente das dificuldades e distância existentes nesse caminho.

Sim, é um problema difícil. Nem sempre podemos contar com a sabedoria do Deus google para nos ajudar. E nessas horas, quando o mundo parece estar contra nós… Algumas vezes temos que tomar atitudes extremas. Como por exemplo, pegar um ônibus.

Tipo, você pode até achar que pegar ônibus é uma tarefa trivial. Mas você não poderia estar mais enganado. Tudo começa no ponto de ônibus localizado no ponto A. Alguém te conta que pra chegar no ponto B você precisa pegar um ônibus de código 666X. Tudo bem, não pode ser tão dificil, certo?

Daí você chega no ponto e espera.

Daí você espera mais alguns minutos.

Daí você espera 10 minutos.

Daí o ônibus de todas as outras pessoas chega e você continua no ponto.

Daí você perde a paciência. E depois perde a esperança. Fuu.

Mas o ônibus chega. Mais cedo ou mais tarde (Na maioria das vezes mais tarde) ele chega.

Você acha que acabou. Só que seus problemas acabaram de começar.

Lembra quando você estudava física e disseram para você que dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço? Então, é mentira. Nos ônibus as leis da física valem tanto quanto pasta de dente valem para pessoas banguelas. Se você não entendeu a metáfora, o valor de ambos é nulo (E se eu ofendi alguém com a piada sem graça de mau gosto, peço desculpas).

Você entra no ônibus e de algum modo você se integra naquela massa humana. A partir daquele momento você deixa de ser você mesmo e passa a fazer parte de uma entidade maior. Cheiros e fluidos começam a se misturar. O desodorante vencido de algum filho da puta se destaca mais do que o perfume ambiente.

Se você for mulher bonita, pior pra você, vai ter um retardado filho da mãe que vai tentar te encoxar. E pior, isso vai acontecer mesmo que o ônibus esteja semi-vazio. Mas geralmente uma cotovelada bem dada já resolve a situação.

Algumas vezes os planetas se movem de modo que o universo trabalhe em seu favor! Porque vamos reclamar dele? O negócio é que de vez em quando você consegue um lugar pra sentar. Provavelmente é o momento mais feliz e sublime de sua miserável viagem.

Só que você não devia ficar feliz ainda. Um sábio uma vez disse: Se existe algo para dar errado, com certeza vai dar errado. Lembre-se, são dois lugares, um do lado do outro. E você só vai ocupar um deles. O ocupante do assento ao seu lado é uma pessoa aleatória escolhida pelo destino. E é aí que você pode ser trollado épicamente.

Deixo essa ilustração de exemplo, mas vou deixar o desenrolar dessa história a cargo da imaginação do leitor. Basta dizer que muita coisa pode acontecer. A imaginação é o limite!

Depois de tantos trancos e barrancos, você começa a se aproximar do ponto B. Você dá o sinal e espera pra descer no seu ponto, feliz de que finalmente tudo aquilo está acabando. Mas espere! Algo está errado! Você passou pelo ponto B… E o ônibus não parou! Maldito motorista!!! Você vai ter que andar de volta até seu destino.

Mas depois de tanto sofrimento, você finalmente chegou no ponto B! Você está vivo e feliz, e isso que importa, não é mesmo? Só não se esqueça. Uma hora você vai ter que se locomover novamente do ponto B para o ponto A… E a história vai se repetir mais uma vez…

M.K.

1 comentário
  1. Débee disse:

    Você esqueceu de falar que quando chove e as pessoas ownam as janelas e fecham tudo e você começa a ter uma crise claustofóbica e se tentar abrir alguma das janelas as pessoas te ameaçam com olhares coléricos profundos. Dá até medo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: