Epidemia


O mundo não é feito só de gente boa. Existem pessoas boas. Existem pessoas ruins. Existem alienigenas (Mas como eles não são exatamente pessoas, vamos deixar para falar deles outra hora). E essa verdade se aplica também nos relacionamentos entre homens e mulheres. Esse tipo de envolvimento emocional pode se corromper facilmente, e irei desenvolver um pouco melhor meu raciocinio neste post.

Vamos imaginar que exista um cara legal e inocente em uma relação com uma garota. Só que temos um problema. A garota é uma vaca (Não literalmente, apenas não encontrei um termo melhor para traduzir a palavra americana bitch). Sim, várias vezes basta uma única dessas vacas para transformar o pobre cara legal e inocente em um cara legal e inocente de coração partido. O problema maior nessa história boba toda é que mais tarde o cara acaba se tornando um cafajeste.

E como cafajeste, o caminho dele é bem óbvio. Ele irá sair por ai destruindo corações e muitas vezes transformando garotas legais e inocentes em futuras vacas em potencial (Novamente, não literalmente. Senão todo cafajeste teria uma fazenda leiteira a disposição).

O ciclo é vicioso e extremamente perigoso. Cada cafajeste pode gerar diversas vacas e vice-versa. E o pior é que não basta simplesmente isolar os grupos para garantir que os cafastes e vacas não se misturem com o povo legal e inocente. Facilmente pode ocorrer geração espontanea de cafajestes e vacas, sem explicação cientifica nenhuma.

Essa doença se alastra gravemente pelo mundo. Dizem que a única cura para esse mal é o sentimento conhecido como amor. Cientistas não foram encontrados para discutir essa hipótese. Mas falando sério… Quem diabos acredita no amor?

M.K.

3 comentários
  1. Tatiana disse:

    Eu sou adepta à essa teoria faz anos. Pq eu estive por bastante tempo na posição de garota legal, q era sacaneada por um cafajeste, e q, por sua vez, foi zuado por uma vaca! ¬¬””

    … Pior q tds vão atrás das vacas… Os caras legais, os caras cafajestes… Logo… O q adianta ser uma mina legal se no final as vacas é que pegam tudo?

    Como dizem… “Porco ruim sempre paga a espigamelhor.” ><

  2. Mariana disse:

    Eu acredito nas reações químicas responsáveis pelo “sentimento amor”. E acredito no tal ciclo que cria um cafajeste que cria uma vaca ad infinitum. Queria que inventassem um marcador genético pra identificar esse tipo de pessoa. Pouparia muitas dores de cabeça.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: