Review – Dexter (Primeira Temporada)


Dexter é uma série exibida originalmente no canal de TV a cabo americano Showtime e sua primeira temporada foi exibida originalmente no ano de 2006. Por favor não confundir com o desenho animado com um protagonista de mesmo nome. No Brasil a série foi exibida originalmente no canal Fox (Acredito que depois foi migrada para o FX).

Esta série segue o cotidiano de Dexter, um perito em sangue que trabalha no departamente de polícia de Miami. Dexter é esperto, eficiente e parece sempre estar no controle do que está fazendo. Mas esconde um pequeno segredo. Nada relevante, mas que vale ser mencionado.

Dexter é um psicopata. Um assassino serial, como ele mesmo passa a definir mais tarde na série. No entando, sua psicopatia segue um ramo bem específico: Dexter mata outros seriais killers que escaparam das mãos da justiça. Tudo isso graças a criação de seu pai, Harry Morgan, que percebeu que havia algo de errado com o filho e decidiu direcionar esse comportamento.

Parece um protagonista meio inconvencional, certo. Mas não dá pra deixar de sentir simpatia pelo personagem. Seu código de conduta, suas falas afiadas e seu sarcasmo oculto acabam conquistando o espectador.

Na primeira temporada, somos apresentados aos personagens. Há a “familia” de Dexter, composta de sua namorada, uma mulher traumatizada e seus dois filhos. Há também o elenco policial, que basicamente engloba os colegas de trabalho de Dexter, que consideram-o um perito muito talentoso (Com uma única excessão).

A estrutura do seriado segue basicamente três linhas narrativas: Dexter fingindo ser uma pessoa normal, junto de sua namorada e filhos. Dexter caçando assassinos que escaparam da justiça e fazendo com que eles paguem por seus crimes. E Dexter investigando, junto de seus companheiros policiais, diversos casos criminais que ocorrem em Miami.

E um dos casos que surgem (E permeia o plot da primeira temporada) é o do assassino do caminhão de gelo. Um assassino que mata prostitutas e depois corta seus corpos em pedaços, totalmente sem sangue. Um assassino que fascina Dexter: Ele é metódico e inteligente. Seus métodos de assassinato são bizarros e suficientes para desorientar todo o departamento de policia de Miami. E mesmo sem conhece-lo Dexter acaba encontrando nele um semelhante, quase um amigo. E aparentemente o assassino do caminhão de gelo também nutre bastante interesse pelo nosso protagonista…

São doze episódios no total. Uma série curta, sem enrolação. Depois de assistir alguns episódios, é muito dificil parar até ver o final. Assista por conta e risco, e pergue-se torcendo pelo serial killer mais divertido que já vimos na TV.

M.K.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: