Quer emagrecer? Não me pergunte como.


Chega uma hora em que fica difícil desviar o olhar da dura realidade. Mas quando todas evidencias apontam para um fato, não dá mais pra evitar. Estou engordando de maneira que não deveria. A maioria das pessoas provavelmente irá olhar para mim e dizer que é simples neura, e eu gostaria que estes estivessem certos, mas minha balança e meu cinto apertado não me deixam mentir.

Ok, passei da primeira fase, não estou mais em negação. Já aceitei o fato inaceitável, e agora vem a pergunta: O que eu deveria fazer? Pensei em algumas alternativas:

1 – Manter uma alimentação saudável. Largar mão de frituras e refrigerantes. Parar de frequentar lanchonetes fast-foods. Cortar relações com o chocolate.

2 – Largar essa vida sedentária. Começar a realizar exercícios. Praticar esportes.

3 – Olhar para os céus, rezar e tentar esperar que um milagre aconteça.

Vamos analisar minhas opções:

Vamos descartar logo de cara a opção 3, não acredito muito em milagres. Sobraram as opções 1 e 2. Quem me conhece, sabe que minha força de vontade é quase nula. Este post pode ser o primeiro de uma grande novela. Talvez vocês estejam presenciando minha queda. Talvez seja minha perdição. Affe, quanto drama.

To be continued… Or not?

M.K.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: