Transformistas Virtuais


E em algum lugar do mundo, escondido sob o anônimato do computador, havia aquele garoto estranho. Bem, na verdade nem tão estranho assim. Mas ele tinha um hábito que era consideravelmente estranho. Em jogos massivos de multiplayer online, ele tinha uma preferência por usar personagens femininas. E agir como tal.

Aos poucos amigos que conheciam esse estranho segredo, ele tentava se explicar de maneita não tão convincente. Dizia sempre que isso lhe trazia muitas vantagens, que justificavam se fingir de mulher. Ganhava itens e era sempre paparicado por outros jogadores. Se tinha alguma dúvida, precisava de algo, ou apenas queria companhia para realizar aquela quest impossível, era só fazer algum charminho.

O garoto não achava que aquilo era anormal.

Agora, como explicar para o pobre garoto que aquilo que ele fazia, não passava de uma forma de, simplesmente, se travestir virtualmente?

Que ele era apenas mais um, entre tantos outros com um desejo subconsciente reprimido?

M.K.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: