Heroes (Not)


Tudo começou quando ele nasceu. Continuou enquanto ele crescia. Um dia, ele casou-se. E assim foi sua vida, até que percebeu que já tinha 50 anos. Estava em um ponto no qual olhava para trás e descobria que sua vida tinha sido apenas um amontoado de acontecimentos sem graça. Estava cansado da rotina, mas não tinha coragem de mudar. Havia caido na armadilha da acomodação.

Até que um dia, descobriu que podia voar. Não sabia se havia sido abençoado por Deus, se aquilo já estava com ele desde que tinha nascido e só não havia despertado antes, ou se tudo era simplesmente uma coincidiência inacreditável. No fundo, não queria pensar nisso.

Esse evento foi o estopim para uma mudança radical. Passou a ver o mundo de outras altitudes. Literalmente. Não haviam mais limites.

Até o dia em que estava distraído, lendo o jornal enquanto flutuava sobre o Japão, e foi atingido por um avião que passava por perto. Morreu. Loser.

M.K.

2 comentários
  1. Ricelli disse:

    só um comentário sobre esse texto:

    hauahuahauhauahuahauahuahuaa

  2. Biga disse:

    Ou seja, quando ele nasceu, deviam ter tacado ele no ar pra ver se voava. Ia ter uma vida diferente. Ou não.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: