Correntes


Ninguém sabe dizer com certeza como surgiram as correntes. As histórias mais populares datam de até cinquenta anos no passado. Os mais bem informados, sabem que as correntes foram originalmente usadas por fantasmas cafonas, com o objetivo de assustar as pessoas. Eles perceberam que essa abordagem não era eficiente, e deixaram de adota-la, pois as correntes faziam muito barulho, o que espantava vitimas em potencial. Hoje em dias eles preferem outros métodos diferentes, em sua maioria retirados de filmes de terror japoneses e suas adaptações.

Mas não estou quero tratar da história dos fantasmas neste post. Quero discutir a herança que eles deixaram para a humanidade. Depois que os fantasmas abandonaram o uso das correntes, elas passaram a ser usadas de diversas maneiras pelos seres humanos.

É aí que a história se torna nebulosa. Em algum ponto desconhecido, um mané decidiu usar o conceito de interligação contido nas correntes, e criar as famosas, e odiadas por muitos, correntes de e-mail.

Creio que vocês saibam o que estou falando. Qualquer ser humanos que tenha usado uma conta de e-mail por mais de dois anos já deve ter recebido algo do tipo: “Repasse esta mensagem para um certo número de pessoas, senão algo realmente ruim vai acontecer com você.”

Se todos vocês já conhecem essa história, porque eu estou a repetindo? É simples. Tenho uma péssima noticia para todos. Correntes de e-mail são maldições malignas. Matam um número incontavel de pessoas todos os dias. Mas todos continuam brincando com elas, sem saber que os fantasmas do passado encontram nelas um grande estoque de vitimas, no geral pessoas bem esclarecidas, que acham que correntes são pura besteiras. Pobres coitados.

O aviso foi dado. Para terminar o texto, gostaria de lembrar a todos: Se você não fizer um traceback deste post em seu blog, um grupo de 20 bodes enfurecidos irá ataca-lo na porta de sua casa. Armados com correntes reais!

o/

P.S. Emily, do “Sem querer saiu” me convidou para o Meme literário: Tenho que abrir o livro mais próximo de mim na página 161, e transcrever aqui a 5ª frase.

O livro em questão é: WebServices em java. A frase é: “urn:com.deitel.jws1.services.BookTitleService”.

Sim, eu sei. Bem chato, e provavelmente vocês não fazem idéia do significado da frase. Infelizmente eu também não. Mas regras são regras. Convoco Hattori, o povo do Balaio e o Phil para darem continuidade ao meme, que se pensarmos bem, não deixa de ser uma corrente.

14 comentários
  1. dinnoviel disse:

    Opa!
    Resurgi das cinzas…mas, é o seu blog que está cinza! XD
    (eu sei…piadinha sem graça..haha)

    Poxa, se isso fose verdade, eu morreria cada vez q deleto uma corrente de um dos meus e-mails (nerd de verdade tem pelo menos 10 e-mail, certo?! hahahaha)…ou seja, umas 3 vezes por dia…¬¬’

    ahhh, gosteei
    Posso responder o Meme?

    Abraços!

  2. Walder disse:

    Isso me remete a um acontecimento no passado…

    Vou escrever sobre isso no meu blog.

  3. A Outra disse:

    não me passe correntes, me passe memes. rsrsrs
    a diferença é que não há maldições ou bênçãos.

  4. Kajiya! Vocês se enganou, as corrente não começaram na internet. Acredite, desocupados faziam anteriormente correntes por correio. Fora as famosas correntes em notas de dinheiro. Minha mãe mesmo já recebeu de algum vizinho desconhecido a muito tempo uma carta pedindo que ela fosse repassada em troca de boas coisas, senão…
    Estou respondendo seu meme agora. Alias, ja havia convidado a esse meme antes…

  5. Alec disse:

    Eca… Correntes!!! Meme´s sim, correntes não.

  6. DGirl disse:

    Poxa… tô tendo dificuldade de ler seu blog!
    Essa coisa de cegueta sabe?
    Mas mesmo asism passo pra te deixar um grande beijo!

  7. Carla disse:

    Bem… É por isso que eu nem abro os e-mails cujo título indica possível corrente. Afinal, se eu não tenho conhecimento dela, ela não é capaz de me atingir, certo!? XD

    A preguiça também salva a gente! ^^

    =*

  8. fmatheus2003 disse:

    Po, Mario, você se superou! Abrir livro de java para esse meme foi uma sacanagem que nem eu teria pensado!

    Huahuahuahua…. muito bom!

  9. massao disse:

    Falando em fantasmas:
    Essa foi a primeira vez que Hans escapou de mim.
    -a menina que roubava Livros – Markus Zusak

  10. Eu sempre me achei muito esclarecido, mas acho que pelo nessa corrente eu me livrei. Você já está linkado e isso já está bom!

  11. samantha disse:

    alguem pode me diser o q siguinifica os BODES das corrente? sempre tem e eu nunca soube o q eh de verdade!

    bjsss………………………………..

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: